sábado, 8 de setembro de 2018

Luísa, Adília e Rosa


Voltar à minha querida Ilha do Farol é qualquer coisa que me deixa mesmo muito feliz, acho que poderia ir 1000x que não me cansava de apreciar cada momento que lá vivo.

Por todos os motivos, pela beleza, a maneira como sou recebida e por toda a magia em volta no meu adorável Farol, que já tive o privilégio de subir 3 vezes até ao topo.

Aproveitei uma vez mais para tirar fotos aos adoráveis bonecos da mamy.


Farol do Cabo de Santa Maria



Esta foi apelidada de Adília



Quem por lá passa, já sabe que o "Bar marAmais", tem todos os anos temáticas diferentes. Aconselho uma passagem por lá, pois serão sempre recebidos calorosamente por todo o staff. Deixo aqui alguns recantos.

A mamy estava mesmo a condizer com as cores...hehehe!
W.C




As mesas estavam um encanto com estas cores bem alegres.












Rosa
Luísa




Este ano deparei-me com esta pintura.






O meu tronco preferido para a foto final.

sexta-feira, 27 de julho de 2018

Bolsas de ganga bordada

Mais um tecido que me encantou e como tal, não podia deixar de o trazer comigo. Sem saber muito bem o que iria fazer como ele, acabou por ficar ainda algum tempo na prateleira juntamente com tantos outros que ainda nem sabem o destino que vão ter.

Certo dia lá me enchi de vontade e ficando uns minutos a olhar para ele lá me decidi a fazer este lote de bolsinhas, dão sempre muito jeito, mas o mais engraçado é que faço com o intuito de serem para mim, mas depois lá seguem caminhos.


Já tinha me aventurado em tempos a fazer uma bolsa destas, pesquisei na internet e o seu nome é bolsa japonesa! Seguindo os tutoriais que se encontram no youtube, a sua realização é bastante fácil!

Acho muito prática para aquelas saídas do momento onde queremos ir menos carregadas levando apenas os nossos pertences mais pequenos. 

 

Acabei por elaborar uma das bolsas com plástico na parte da frente. Como o plástico era bastante duro e nada fácil de trabalhar, a minha máquina de costura custou a ceder e tratou logo de me partir uma agulha, mais uma agulha... 

O tecido propriamente dito é de ganga e tem estes bordados com os quais tem de se ter bastante cuidado, uma vez que ao mínimo descuido lá fica logo um fio repuxado.


terça-feira, 12 de junho de 2018

Xaile Dream-Lace

Não foi o projecto que mais gostei de fazer, mas o resultado até foi gratificante, fazer peças sempre diferentes é o que dá, uma constante aventura.

Adorei o riscado da lã e as cores vão de encontro às minhas preferidas.

Quanto ao resultado... adorei!!!


A sessão fotográfica foi na Ponta da Piedade em Lagos, aconselho a darem um passeio por lá é muito bonito para quem gosta especialmente deste tipo de paisagens, pessoalmente, eu adoro!









Os contrastes do azul do mar com o ocre das rochas deixam-me extasiada.






Subi e desci escadas, socorro eram mesmo muitas.



Apesar de já me terem falado nesta zona nunca a tinha visitado, no entanto confesso que amei de coração, fiquei mesmo encantada.
Embora fosse pleno mês de Janeiro a temperatura estava amena o que possibilitou vestir um simples camiseiro e colocar o xaile por cima.








Gosto tanto destas aberturas feitas pela erosão das ondas nas rochas, penso que as fotos expressam bem esta minha paixão ehehe.








No meio da sessão foi encontrado um chapéu que provavelmente voou de bem longe para aqui ficar parado.



Para o acabamento não fiz nada de muito elaborado, apenas estas simples pontas em creme, não é que o xaile pedisse, mas sempre fica mais composto.





Como eu gosto quando vamos as três, divertimo-nos imenso! A filha é exigente e eu farto-me de rir, a mammy coitada leva umas longas horas de espera, mas não se importa. Por elas e por mim OBRIGADA por fazerem parte da minha vida!


Espero que tenham gostado!